Nangten Menlang - Centro Médico Budista

Ioga dos Sonhos

Quando estamos acordados sabemos que um sonho é apenas uma ilusão. Mas, mesmo assim, quando estamos na ilusão, não sabemos que é uma ilusão. A nossa consciência está tão confusa, muda tanto! Através da prática do Ioga dos Sonhos, aprendemos a reconhecer a ilusão. Isto ajuda-nos a entender que mesmo a nossa vida acordada é uma ilusão.

Com uma combinação de mantras e técnicas de visualização, a meditação dos sonhos permite-nos manter a consciência durante os sonhos, para os utilizarmos em nosso benefício. Conseguimos afectar o sonho de maneira a lançar alguma luz sobre a derradeira natureza da realidade e da mente. Por exemplo, podemos transformar pequenos objectos em grandes objectos e vice-versa. Podemos unir vários objectos num só. Podemos mudar o nosso corpo e transformá-lo — por exemplo, para ficarmos com cem braços. Podemos ver divindades e fazê-las desaparecer de novo.

Embora o que vejamos num sonho não seja real, o que sentimos é real — medo, alegria, etc. Não reconhecer estas experiências como ilusórias cria sofrimento. A definição de inferno é ilusão. Por isso, aprendendo a entender a ilusão, desenvolvemo-nos a nós mesmos e à nossa felicidade de forma significativa.

Ao longo da nossa vida passamos cerca de 240 000 horas a dormir. Como Buda ensinou, este é um tempo precioso que pode ser usado para desenvolver a nossa prática espiritual.