Nangten Menlang - Centro Médico Budista

Gang Gyok

Gang Gyok é uma prática antiga de técnicas ióguicas de corrida do Tibete. É a prática dos “pés velozes”. No entanto, por causa da profunda interligação entre corpo e mente, esta prática, como todas as práticas tibetanas Tantrayana, trabalha todas as dimensões da mente, respiração e corpo para conseguir os seus resultados espectaculares.

Somos capazes de gerar energia no corpo através do poder da mente. Esta energia pode então ser transformada em velocidade e poder de corrida. Com a prática do Gang Gyok, seremos mais velozes e cansar-nos-emos menos, além de desenvolvermos atenção plena, o nosso calor interior e uma saúde geral mais vibrante.

Para nos prepararmos para a técnica Gang Gyok, temos de passar pelas práticas preliminares. Estas tratam três aspectos importantes com grande efeito na nossa energia — a alimentação, a respiração e o poder mental.

Como queremos maximizar os nutrientes no corpo, o tipo e a qualidade dos alimentos que comemos são muito importantes. Precisamos ainda de comer a quantidade certa de comida — demasiada comida provoca a quebra dos canais e uma quantidade insuficiente não nos conferirá poder suficiente. Em termos gerais, diz-se que um terço do estômago deve ser preenchido com alimentos, um terço deve ser preenchido com água e um terço deve permanecer vazio para que o vento possa fluir e auxiliar a digestão. A água ingerida também é importante, uma vez que existem várias qualidades de água. Bebemos água fervida porque ajuda a relaxar o corpo e a mente, factor crucial para gerar energia.

Em seguida, trabalhamos com o vento ou respiração. Existe uma forma correcta de respirar e reter a respiração que criará mais energia. Por outro lado, se respirarmos incorrectamente, podemos perder energia muito rapidamente. Por isso, precisamos de aprender a trabalhar com a respiração e praticar a retenção da respiração, enquanto fazemos alguns exercícios especiais.

Finalmente, temos de desenvolver o nosso poder mental. Isto consegue-se pela visualização que, por si só, pode dar-nos energia. A visualização ajuda-nos a desenvolver a atenção plena, que nos ajuda a meditar. Através da meditação e visualização, conseguimos cultivar o nosso fogo interior. Este fogo interior equilibra os nossos elementos, factor muito importante para o bom funcionamento do sistema digestivo. Isto tem um impacto directo na nossa saúde, uma vez que a maioria das doenças está associada a um sistema digestivo lento. A meditação e a atenção plena, permitem-nos aceder à quietude da mente.

Durante a prática do Gang Gyok, geramos energia retendo a respiração de uma maneira especial no chacra do umbigo, durante a corrida. Esta energia espalha-se então pelos 72 000 canais do corpo. Se houver canais bloqueados ou torcidos, esta energia ajuda a abri-los. Desta maneira, a energia da respiração flui por todo o corpo, gerando um calor interior profundo. Este calor interior gera as nossas hormonas da “felicidade”. Estas hormonas ajudam a mente a sossegar. Quando a mente está calma, é muito mais fácil controlá-la e gerar, em seguida, ainda mais poder.

Assim, o Gang Gyok, a técnica ióguica de corrida dos “pés velozes”, faz com que nos tornemos mais velozes e mais fortes com uma energia explosiva; além disso, desenvolveremos também uma saúde robusta, uma mente calma e clara e felicidade.

 

[+] International Gang Gyok Day - Run for the Future of the World!