Nangten Menlang - Centro Médico Budista

Tog Chöd

Somos prisioneiros dos nossos pensamentos sobre o passado e o futuro. São como sombras que nos perseguem, obscurecendo a luz do momento presente. Escondemo-nos nas sombras, cheios de medos do passado e expectativas do futuro. A nossa mente conceptual mantém-nos num inferno criado por nós. Temos de cortar a nossa cabeça! Precisamos do Tog Chöd.

O Tog Chöd é uma prática dinâmica e poderosa. Esta dança com uma espada traz-nos directamente para o momento presente. Temos de ser valentes para estar no momento presente! Os seus movimentos fluidos são decisivos, conferindo-nos poder à medida que pisamos os nossos inimigos, que são as nossas próprias emoções negativas. Não existem inimigos fora de nós mesmos e, quando compreendemos isto, podemos deixar de lutar com o mundo exterior e aprender a criar a nossa própria realidade. Mas, mesmo aí, o nosso maior obstáculo é a preguiça. Através do Tog Chöd, ficamos a conhecer o nosso poder interior e, desta maneira, ultrapassamos a preguiça.

O próprio Tulku Lobsang desenvolveu o Tog Chöd. Baseia-se nas tradicionais danças monásticas Yaman e nos movimentos do Kalachakra, mas foi criado em resposta directa às necessidades dos que vivem no mundo moderno. Precisamos de uma prática que nos liberte da nossa mente conceptual, uma prática que nos ligue ao nosso poder. O Tog Chöd usa a nossa raiva para conferir poder à nossa motivação, mas a motivação profunda é sempre a compaixão.

A espada é o símbolo da nossa própria sabedoria inata. Brandindo esta espada, abrimos caminho através da nossa mente conceptual. Cortamos os nossos pensamentos de medo e expectativas que nos impedem de estar neste momento presente, neste momento maravilhoso. Com a sabedoria, conseguimos transformar as nossas emoções negativas e transformarmo-nos verdadeiramente. Apenas precisamos de decidir fazê-lo.